Blog

Acesse o nosso blog e confira nossas publicações

Tendência EaD na saúde: como médicos estão driblando os desafios da quarentena através do estudo à distância

 

Diante pandemia com o novo coronavírus, ansiedade e ócio são os novos males que estão assolando a humanidade

Para driblar o estresse causado pelo isolamento social, pessoas do mundo inteiro estão investindo em novos hobbies e ofícios.

Dentre estas atividades, uma das mais adotadas é o ensino a distância. Nada melhor do que investir na educação e aprendizado durante o tempo ocioso da quarentena.

Devido estado de pandemia, clínicas tiveram atendimentos suspensos. Médicos que outrora desdobravam-se entre consultas, agora podem dedicar-se para cursos de reciclagem em suas respectivas áreas de atuação através do ensino a distância.

Mas afinal, o que levar em consideração ao escolher um curso online?

Neste blogpost, a Meddco traz alguns informativos e dicas para responder essa pergunta, por isso, continue sua leitura!

Dados Estatísticos do EaD no Brasil

Dados da revista Veja apresentam 1,5 milhão de matrículas em cursos online no Brasil – 18,6% dos estudantes no país.

Segundo o Censo da Educação Superior, apresentado pelo MEC, de 2017 para 2018 ocorreu um crescimento de 27,9% nos ingressos de estudantes na modalidade do ensino à distância.

Cursos de ciências da saúde estão em terceiro entre os mais ofertados, depois de ciências sociais e ciências humanas, segundo Censo EaD.

Ainda, segundo a pesquisa, os alunos que frequentemente optam por cursos de ensino à distância estão nas faixas entre 26 e 30 anos (39,3%) e 31 e 40 anos (37%). Somados, estes grupos representam 76,3% do total de alunos matriculados nestas modalidades.

Observando estes números, podemos concluir que médicos no início da carreira – ou que, ao que indica a faixa etária, já possuem certa experiência – preferem cursos online.

Ademais, a mudança de hábitos da população neste momento de quarentena devido coronavírus contribui para o protagonismo do ensino a distância.

Dados do Censo EaD já identificavam crescimento anual de 266% na oferta de cursos de ensino à distância.

Segundo O Globo, houve um aumento de 130% em pesquisas sobre cursos de especialização online somente no último mês.

De acordo Google Trends, o termo “curso online” apresentou um crescimento nas pesquisas de 50% desde o início da quarentena, atingindo o ápice de popularidade pela primeira vez em cinco anos!

Em entrevista com diretor, escola de cursos online registra crescimento de 18% nas vendas de cursos a distância durante pandemia.

Com natural crescimento favorável e rentável do mercado de ensino a distância, é visível a proeminência neste cenário durante a pandemia.

Mas o que, além da condição atual de quarentena, efetivamente pode explicar este reflexo?

Quais são os pontos a considerar ao escolher um curso à distância, principalmente para médicos?

Confira abaixo alguns tópicos que te ajudarão a escolher um curso de qualidade para reciclar suas aptidões durante isolamento causado pelo novo coronavírus.

FLEXIBILIDADE

De modo geral, cursos à distância são populares pela praticidade e flexibilidade oferecida pelo ambiente digital.

Isso explica porque a área da saúde possui tantas ofertas de cursos enquanto os alunos tendem a ser mais maduros.

Se você possui uma agenda cheia entre uma consulta ou outra, um curso presencial acaba sendo inviável, não é mesmo?

Além do mais, o polo da maioria dos grandes cursos concentra-se em capitais, o que prejudica a educação contínua de médicos do interior ou demais localidades.

Contudo, a flexibilidade destes cursos onlines pode conter algumas peculiaridades: algumas escolas oferecem um prazo máximo para que você assista as aulas.

Pensando em momentos de quarentena, o “prazo de validade” de um curso pode não ser um dificultador na aplicação dos estudos.

Ainda assim, tenha em mente que grande parte das escolas de cursos online oferecem o prazo de 6 a 24 meses para assistir às aulas. Após isso, você terá de adquirir o curso novamente.

CUSTO BENEFÍCIO

Cursos online tendem a ser mais baratos devido redução de custos através do ambiente digital.

Segundo dados da Veja, o custo de um curso à distância pode ser até 65% mais barato que um presencial.

Além disso, ao escolher um curso online, considere alguns fatores de economia que podem evidenciar ainda mais vantagens desta modalidade:

  • Sem custos com deslocamento: combustível, estacionamento, motorista de aplicativo, aluguel de carro, etc;
  • Extinção de viagens: não perca mais tempo e dinheiro viajando para outra cidade, hospedando-se em hotéis caros;
  • Sem estresse do ambiente acadêmico: em ambiente digital, é só você, o doutor-professor e o dispositivo para reprodução das aulas.
  • Flexibilidade: assista as aulas a hora que quiser, sem precisar desmarcar compromissos familiares ou consultas.
  • Maximização de tempo: o único recurso irrecuperável, tempo em um curso online é otimizado e tem capacidade de aproveitamento máximoAinda que estigmatizado por muitos cursos de procedência e qualidade duvidosa, o ensino à distância possui melhor custo benefício.O nome por trás do ministrante de um curso online pode alavancá-lo ou boicotá-lo, dependerá do qual competente for este professor.Como vimos ainda, em tempos de quarentena, cursos online tem sido alavancados, o que aumenta a possibilidade de queda na qualidade.No setor médico, vale levar em conta:
    • Registro do CRM do professor;
    • Tempo de atuação e experiência da ala médica;
    • Organizações e associações às quais é membro (como SBUS na área de ultrassonografia, por exemplo);
    • Hospitais e cargos de atuação;
    • Faculdades as quais ministra/ministrou outros cursos e disciplinas;
    • Participação em conteúdos bibliográficos ou pesquisas científicas.

    Seguindo estes indicativos, você facilmente conseguirá encontrar um curso de qualidade, ministrado por um professor competente.Não menos importante que o currículo do professor, é o “currículo” do site da escola de cursos a distância.Alguns conceitos como hospedagem do site ou plataforma de streaming das vídeo-aulas podem ser informações difíceis de encontrar, porém outras questões ficam bem evidentes quanto a qualidade do portal de cursos online.Um suporte e atendimento dinâmicos também serão de grande valia caso ocorra algum problema com os seus estudos.
    A Meddco é uma empresa focada no fomento da educação para profissionais da área médica.Em todo seu histórico, sempre permaneceu no ambiente digital, oferecendo cursos vitalícios, proporcionando ao aluno o acesso ilimitado aos cursos adquiridos.Além disso, nosso corpo docente conta com especialistas referências em sua áreas de atuação, oferecendo ao aluno aprendizado de qualidade inquestionável, fato comprovado pelo alto índice de satisfação de nossos alunos, que fica acima dos 95%.Meddco, educação continuada.

  • Quer saber mais? Clique aqui e conheça os cursos da médico e inscreva-se para saber maiores informações!
  • A Meddco oferece aos seus alunos, materiais de altíssima qualidade, que geralmente são compostos por aulas teóricas , aulas práticas e a apresentação de casos clínicos, garantindo ao aluno atualização e aprendizado de qualidade.
  • Com 13 anos de atuação e mais de 5.000  alunos matriculados, a Meddco foi a empresa pioneira na educação a distância (EAD) voltada a área de diagnóstico por imagens do país.
  • Sobre a Meddco
  • Opte por empresas que forneçam um bom site, fácil e rápido de navegar e com suporte multiplataforma.
  • Se o site está mal estruturado ou apresenta problemas de carregamento, pense em como isso poderá repercutir durante a reprodução de uma aula.
  • Isso porque a qualidade da plataforma onde será ministrada as aulas irá interferir substancialmente na qualidade do ensino.
  •  PLATAFORMAS CONFIÁVEIS
  • Por isso, priorize cursos com bons profissionais. Certifique-se de que os professores são referência na área de atuação.
  • Quando citamos o estigma sobre cursos online, a qualidade do ensino é o principal medo do estudante convencional do ensino presencial.
  •  CURRÍCULO DOS PROFESSORES
  • Comparando modalidade online ao presencial, questione-se destes fatores para não cometer a gafe de subjugar a qualidade do ensino à distância.
Compartilhe

Veja também

A ARTE DE ENSINAR

A ARTE DE ENSINAR   Dr. Carlos Stéfano Hoffmann Britto é membro da Sociedade Brasileira de Ultrassonografia e do Colégio Brasileiro de [...]
+

Meddco lança novo site e ganha espaço em mídias digitais

A Meddco amplia sua presença na internet com seu novo site.   A Meddco amplia sua presença na internet com seu novo site. O objetivo, [...]
+

Os novos desafios do médico brasileiro

Os novos desafios do médico brasileiro Hoje, 18 de outubro, é celebrado o Dia do Médico, uma profissão que pela própria natureza da sua missão, [...]
+