Blog

Acesse o nosso blog e confira nossas publicações

Dia do Endocrinologista: tudo o que você precisa saber sobre a especialidade e como se atualizar na área

 

No dia 1º de setembro é comemorado o Dia Nacional do Endocrinologista. Extraoficialmente a data já era celebrada pela classe médica, há anos, mas foi apenas em 2019 que a Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal tornou a comemoração oficial em todo o território brasileiro com a aprovação da Lei N° 636/2019.

A instituição da data em comemoração ao profissional de saúde endocrinologista é um reconhecimento merecido para essa que é uma área tão importante da medicina e que muitas vezes é ainda desconhecida ou mal compreendida por aqueles que não fazem parte da classe médica e/ou científica.

Atualmente, mais de 4 mil médicos endocrinologistas estão registrados na Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), que é o órgão responsável por conceder, expedir e/ou revalidar, juntamente com a Associação Médica Brasileira, o título de Especialista em Endocrinologia e Metabologia e os certificados em áreas de atuação afins.

Para auxiliar na descrição e entendimento público sobre as atividades desenvolvidas pelo endocrinologista, a SBEM listou os campos de atuação na prática do profissional especialista na área, confira: andropausa, colesterol e triglicerídeos, crescimento, diabetes, distúrbios da menstruação, distúrbios da puberdade, doenças da glândula suprarrenal, doenças da hipófise, excesso de pelos, obesidade, osteoporose, reposição hormonal da menopausa e tireoide.

No portal da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia é possível também encontrar materiais informativos/ilustrativos relacionados à endocrinologia que podem ser usados como base para campanhas junto à comunidade e/ou pacientes, para saber mais acesse este link.

Continue lendo este artigo e conheça também os grandes marcos históricos da endocrinologia e como se atualizar na área fazendo um curso médico online.

A endocrinologia ao longo do tempo

Como especialidade que atua nas alterações de glândulas e hormônios, a endocrinologia é uma área que está diretamente relacionada à saúde e bem-estar de qualquer pessoa e por isso ao longo de toda a história da humanidade, direta ou indiretamente, seu campo de atuação vem sendo investigado e as descobertas relatadas.

Para se ter uma ideia, foi datado de 1500 a.C o primeiro registro sobre uma doença que fazia a pessoa urinar frequentemente e perder peso ou seja a doença que hoje conhecemos como diabetes. A descrição está no documento conhecido como Papiro de Ebers escrito pelos antigos egípcios que foi descoberto em 1872 pelo alemão Gerg Ebers.

No século II d.C, foi criado o termo diabetes mellitus, pelo “médico” grego Arataeus. O nome faz alusão ao gosto adocicado de mel na urina do paciente com a doença.

Outro marco relacionado à área da endocrinologia foi, em 1656, a identificação da tireóide pelo anatomista Thomas Wharton, inclusive o duto submandibular recebe seu nome – duto de Wharton.

Em 1835, foi descoberta a Doença de Graves, doença autoimune que leva à superatividade da glândula tireóide, descrita pelo cirurgião irlandês Robert James Graves.

No século XX, dois fatos históricos se destacam: a primeira vez em que o termo hormônio foi usado, em 1905, pelo professor inglês Ernest H. Starling; e em 1921 a descoberta e utilização da insulina pelos pesquisadores canadenses Frederick Banting e Charles Best, um passo definitivo no tratamento do diabetes que rendeu inclusive o Prêmio Nobel de Medicina e Fisiologia para a equipe de estudiosos.

A endocrinologia no Brasil

No Brasil, podemos destacar como um fato histórico marcante para os endocrinologistas, a criação, em 1950, da Sociedade de Endocrinologia e Metabologia do Rio de Janeiro, que mais tarde, aliada às frentes paulistas da especialidade médica, se tornaria, em 1954, a SBEM (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia), ganhando mais força e proporção nacional.

Em 1968, a atuação da SBEM rendeu frutos e aconteceu a assinatura do convênio com a Associação Médica Brasileira, sendo oficialmente outorgado no país o Título de Especialista em Endocrinologia e Metabologia.

Um registro interessante sobre a endocrinologia no país está nos arquivos da USP (Universidade de São Paulo), no artigo “Breve história da Disciplina de Endocrinologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo”, que descreve a origem oficial do estudo acadêmico dessa área da medicina no Brasil, contando histórias desde a década de 1940.  O conteúdo completo você pode acessar nesse link

Na história recente, o destaque é para a oficialização do Dia Nacional do Endocrinologista, em 2019, relatado no início deste artigo.  

MARCOS DA ENDOCRINOLOGIA NO BRASIL E NO MUNDO

1500 a.C. – Papiro Ebers – primeiros relatos sobre diabetes (Egito)

138 d.C – Surgiu o termo diabetes mellitus por Aretaeus (Grécia)

1656 – Descoberta da tireoide por Thomas Wharton (Londres)

1835 – Doença de Graves é descrita por Robert James Graves (Irlanda)

1905 – O termo hormônio foi usado pela 1ª vez por Ernest H. Starling (Londres)

1921 – Descoberta da insulina por Frederick Banting e Charles Best (Canadá)

1954 – Fundação da SBEM (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia)

1968 – Outorgado no Brasil o título de Especialista em Endocrinologia e Metabologia

2019 – Oficialização de 1º setembro como Dia Nacional do Endocrinologista

Atualização médica na área da Endocrinologia

A endocrinologia é vasta em relação ao campo de atuação, entre as diversas práticas médicas da área estão às relacionadas com os procedimentos de diagnóstico por exames de imagem, sendo o ultrassom da tireoide um dos mais indicados/utilizados por esta especialidade para investigação da saúde do paciente.

Por meio da ultrassonografia da tireoide é possível verificar alterações na glândula que podem ocasionar o hipertireoidismo ou hipotireoidismo, além de conseguir detectar a doença de Graves, bócio, nódulos, cistos e até mesmo tumores.

Para atualização médica na área, a Meddco oferece um curso médico online de Ultrassonografia da Tireoide.  No curso, o profissional de saúde, médico, terá a oportunidade de conhecer o passo a passo técnico e prático sobre o procedimento e se destacar profissionalmente.  Acesse este link e faça já a sua inscrição!

Cursos Médicos Online

Quer saber e estudar mais sobre outros procedimentos de diagnóstico por imagem, clique aqui e conheça o maior catálogo de cursos online de Ultrassonografia do Brasil.

Meddco Educação Contínua.

Compartilhe

Veja também

A ARTE DE ENSINAR

A ARTE DE ENSINAR   Dr. Carlos Stéfano Hoffmann Britto é membro da Sociedade Brasileira de Ultrassonografia e do Colégio Brasileiro de [...]
+

Meddco lança novo site e ganha espaço em mídias digitais

A Meddco amplia sua presença na internet com seu novo site.   A Meddco amplia sua presença na internet com seu novo site. O objetivo, [...]
+

Os novos desafios do médico brasileiro

Os novos desafios do médico brasileiro Hoje, 18 de outubro, é celebrado o Dia do Médico, uma profissão que pela própria natureza da sua missão, [...]
+